terça-feira, 12 de agosto de 2008

Aula de química produtiva

Pois então, aqui estamos nós de novo, vejo que trouxe novos amigos. Pois então sentem-se e vamos nos refletir no mesmo espelho, só temos dez minutos. Ostrogodos bárbaros bizarros não reagem à força do machado lunar pois algo mais forte, como a prova de que devem servir a uma única nação: a própria. Por isso nunca moleste quem quiser se machucar, nem atrapalhe o algoz do suicida em seu momento de glória, vitória, derrota, pois seu sucesso não passará de um grandioso fracasso perante o ser. Nada tem significado quando o que se procura está ao lado da mesa. Há diversas formas de se perder o que se tem, talvez eu amasse essa folha de papel e jogue-a diretamente no esôfago do lixo ao lado da porta. Do que importa? Até onde eu saiba lixo não faz dieta. Pode ser reciclado de diversas formas, re-ciclado, repetição do ciclo pentagonal polifórmico... polifórmico, parece química, essa aula... ácido fórmico informalmente falando. Será que uma sandália se sente inferior por ser criada para ficar para baixo, ser pisoteada e agüentar o peso da vida todos os dias?... A tinta da caneta poderia acabar... eu sempre me sinto tão bem quando isso acontece, uma sensação de produtividade na produção do conhecimento, afinal esse é o resultado de tanto tempo escrevendo (sem querer expor informação publicitária, mas essa caneta "Bic" demora para se acabar a tinta). Deveriam inventar uma caneta digital, que mostrasse quantas idéias deveriam ser passadas ao papel para que sua tinta se extinguisse. O tempo está se tornando escasso e o grande Sinal da obediência está prestes a soar, e todos se levantarão mecanicamente quando isso ocorrer... hahahahahahahahahaha!!! Aconteceu o que eu previ: o Sinal!!! Devo me ausentar por 15 minutos, mas não sintam saudades, logo estarei de volta. Voltei! Bem, onde paramos? Ahh, o Sinal que eu previ... na realidade, eu não o previ, é sistemático, fruto do meu subconsciente, um compromisso para com a minha "liberdade", que sou obrigado a enfrentar, digo, Viver. Chegou a hora de me despedir de meus caros pensamentos um tanto quanto imprecisos para me adentrar em uma bela aula de inglês. Se eu tiver mais algum momento ocioso, certamente que irei dedicá-lo a vocês , meu caros colegas no plural. Até breve... ou não.

sábado, 9 de agosto de 2008

A Fascinante História da Tesoura e do Papel

Bem... Aí está minha primeira animação Stop Motion.

video


Foto dos bastidores... Como eu não tinha um tripé, foram necessários alguns improvisos.